Pular para o conteúdo principal

A chegada em Capri (parte1)

A ansiedade em conhecer um dos cartões postais mais famosos do mundo me levou direto pra Capri sem nem sequer saber quantos quilômetros eu iria percorrer pra chegar até o meu objetivo.

No fundo do meu coração sabia apenas que eu chegaria, de um jeito ou de outro.

Lembra do ultimo post que escrevi sobre a Toscana? Se não leu ainda, volta umas paginazinhas atrás que eu conto pra você como foi e como vim parar aqui.

E conseguimos ! Capri nos aguardava com aquela atmosfera caribenha igualzinho os filmes italianos que já assisti em algum passado não muito distante.
Era noite e estava quente. Um verão tipicamente abafado, olhei pro céu e sentia a brisa do oceano bater na minha pele, ora misturava com o vento gelado que vinha do mar,via também muitas nuvens cinzas, misturadas naquele céu azul marinho penetrante cheio de estrelas.

O Ferry que trouxera nós acabara de fixar ancoras no Porto de Capri e nem acreditava direito que ,enfim, eu estava lá.
Meus pezinhos estavam lá...
De verdade. E aquilo não era um sonho:)

Acabamos pegando a última embarcação e viemos muito confortáveis. A maioria que embarcaram conosco eram moradores ou funcionários da ilha e estes já estavam dentro dos carros esperando só o compartimento abrir para saírem com seus carros.

A duração em alto mar saindo do Porto de Nápoles e chegando até Capri deu em torno de 1 hora e passou rápido , apesar de já estarmos muito cansados depois de termos dirigido e enfrentado uma longa estrada (linda) o dia inteiro .

Primeiro os carros começaram a sair, e depois foram as poucas pessoas que estavam conosco. Via o escuro do mar batendo entre o vão da Terra firme a poucos centímetros da embarcação quando olhava pro oceano.

Uma pisada larga.

Era isso que nos separava do sonho de estar alí, em CAPRI.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chegada em Key West e roteiro do que fazer em 1 dia em Key West.

Chegamos no hotel por volta das 21:00 hs da noite. Deixamos as malas no quarto e fomos conhecer a cidade que estava lindamente decorada para o Natal. O hotel escolhido estava em promoção na internet e nos hospedamos no Double Tree Grand Key Resort da linha Hilton, como já havia me hospedado antes num Double Tree em Nova York e adorei o atendimento,não pensei muito e fiz logo a reserva. Na cidade  ficamos 2 dias inteiros e 3 noites e conseguimos aproveitar muito bem a cidade.






Mapa de Key West. Foi perfeito pra nós conhecermos as ruas pequenininhas e charmosas da cidade de carro. Não tinha mapas, pra falar a verdade nunca tenho, e peguei um básico no lobby do hotel que normalmente no meu caso é sempre a melhor opção e fomos se aventurar na noite por Key West. Se perder nas ruas é algo que ADORO fazer e faço porque sou apaixonada pela simplicidade em descobrir lugares e ensinar a família a apreciar a vida sem pressa de ser feliz. Olhamos, tiramos fotos e depois fomos achar a famosa Duval …

Roteiro de viagem Costa Oeste EUA. Seattle,Vancouver Canadá, IlhaVictoria, Olimpic National Park e mais dos Estados Unidos compassadinha em Orlando.

Apaixonada por viagens, bem é assim que me defino cada vez que volto de uma! Viajar tem sido uma escolha que mudou  e tem mudado muito a minha vida!  Gosto de lugares diferentes, gosto dos lugares mega conhecidos também e por isso eu não me canso de sonhar em conhecer cada cantinho do lugar que considero minha "second home". Entendo porque americanos não viajam tanto, praticamente não precisam. Lá tem de tudo! Se você quer neve, tem, se você quer praias lindas de areia branquinha, tem, se você quer luxo,tem, se você quer simplicidade tem, se você quer florestas tem. Então sim, se apaixonar pela terra do Tio San é fácil, muito fácil! :)
Mas programar uma viagem para a costa oeste, lá em cima, no mapa dos Estados Unidos, divisa com o Canadá, a primeira vez, parece um pouco assustador,pois não se acha muito conteúdo, ainda mais em português, e o pouco que se acha, não dá pra se ter muita ideia, mas fui, guiada pelo blog do Mauoscar, e pelo blog da Luciana Misura. Obrigada aos doi…

Road trip na Toscana visitando Siena,Florença,Pienza e Montepulciano

Decidir o que fazer numa viagem pela Europa realmente é bem difícil pra quem nunca foi. E como eu e o marido estávamos na duvida ainda no Brasil sobre o que ver , aonde ficar e o que fazer na Europa, optamos por reservar os Hotéis  no Brasil apenas das cidades de London ,Paris  e Bruxelas. Dali em diante decidiríamos o que fazer e aonde ficar. 

Fizemos nossa 1a viagem para Europa em família, então boa parte da viagem e alguns hotéis apesar de não terem nenhuma classificação diamante e muito menos  5 estrelas, foram escolhidos através do BBB, tipo ,bom, bonito e barato, se é que na Europa tem algum lugar barato.E adorei todos. Espero que logo comece a falar deles aqui. O número de pessoas aqui em casa é bem grande e é preciso uma organização e planejamento , principalmente  financeira antecipando o máximo possível os gastos. Idade dos filhotes na época da viagem 7, 16 e 18, mas mesmo assim filhos são sempre crianças e foi preciso levar água, fruta , papel higiênico, protetor solar , IP…